‘Não desejo a dor que estou sentindo para ninguém’, diz irmã de Anna Carolina, menina morta por bala perdida no sofá de casa

Ana Beatriz Pontes, estudante de serviço social, de 21 anos, não sabe como lidar com a morte da irmã, a menina Anna Carolina, de 8 anos, atingida por uma bala perdida na cabeça enquanto assistia televisão com a família na sala de casa, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O tiro que acertou a garotinha, nesta quinta-feira, entrou pelo telhado de amianto, passou pelo forro de PVC, cruzou uma porta e ainda resvalou na parede antes de matar Anna.

Por Cecília Vasconcelos, do Extra


Além de enfrentar a própria dor, a universitária tem buscado dar suporte à mãe, Ana Claudia Souza, após a tragédia. Em uma rede social, Ana Beatriz disse ainda não acreditar no que aconteceu.

“Eu não estou conseguindo acreditar e não sei de onde tirar forças para segurar a minha mãe”, escreveu a jovem. Ana completa dizendo que não deseja à ninguém a dor que sente pela morte da irmã.

Em outra publicação, a estudante revela que Anna Carolina era uma “menina alegre, inteligente, e carismática”. Em seguida, Ana declara o forte sentimento que nutria pela irmã: “O grande amor da minha vida! Você veio para trazer coisas incríveis para nossas vidas, meu bebê. Fica bem, a irmã vai te amar para todo sempre”.

Em uma das últimas postagens, a universitária agradeceu o apoio e as mensagens recebidas: “Gente, não vou conseguir responder a todos. Mas quero agradecer do fundo do coração a cada um. A minha irmã tinha uma missão aqui na Terra, e ela cumpriu. Trouxe alegria, aprendizado e muito amor para todos que a amavam. Obrigada mesmo’, finalizou.

O local e horário do enterro da menina Anna Carolina ainda será definido pela família.

 

fonte: https://www.geledes.org.br/nao-desejo-a-dor-que-estou-sentindo-para-ninguem-diz-irma-de-anna-carolina-menina-morta-por-bala-perdida-no-sofa-de-casa/

CopyLeft Sapiens. 2019 Brasil